EDUCAÇÃOMARATAÍZES

Em votação presencial, funcionários, pais e alunos decidem que Maria da Glória adote sistema escolar cívico-militar

Durante toda a segunda-feira (14), a E.M.E.F. Maria da Glória Nunes Nemer realizou uma consulta com os funcionários, alunos e seus pais para saber se eles aprovam ou não adotar o sistema de ensino cívico-militar, já que Marataízes está entre as quatro unidades de escolas cívico-militares que serão implantadas no Espírito Santo, em cidades das Regiões Norte, Noroeste e Sul: São Gabriel da Palha, Sooretama e Montanha.

A consulta aos funcionários, alunos e seus pais faz parte do protocolo de etapas a serem executadas para a implantação desse novo sistema. As escolas cívico-militares são instituições não militarizadas, mas com uma equipe de militares da reserva no papel de tutores. Segundo informações divulgadas pelo Ministério da Educação em 2019, a meta é aumentar a média do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). De acordo com o MEC, enquanto a média do Ideb em colégios militares é 6,99, nos civis é 4,94.

A implantação de escolas nesse formato está prevista no Compromisso Nacional pela Educação Básica do governo federal. Cada unidade da federação deverá contar com uma escola cívico-militar.

Compartilhe!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios