ITAPEMIRIMPOLÍTICA

Evandro Paiva, primo de ex-prefeito de Itapemirim, é absolvido em ação sobre compra de votos

O dentista, e também liderança política, Evandro Paiva, primo do ex-prefeito de Itapemirim Luciano Paiva, foi inocentado da acusação de compra de votos nas eleições de 2014. Em uma ação policial no dia da eleição, foi encontrada uma quantia em espécie no valor de R$ 190 mil, condenando Evandro e sua esposa, Loriane, à prisão e ao pagamento de multa. O casal recorreu e o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-ES) absolveu ambos, no dia 4 de março de 2021, por considerar que não existem provas suficientes para sustentação da acusação que o dinheiro era destinado para compra de votos.

Segundo o juiz Rodrigo Marques de Abreu Judice, relator do caso, baseando-se no entendimento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sustenta em seu voto que “é necessário que a conduta (compra de votos) seja direcionada a eleitores identificados ou identificáveis e que o corruptor eleitoral passivo seja pessoa apta a votar”.

“Os agentes federais não avistaram a efetiva entrega de dinheiro ou de qualquer outra benesse pelos recorrentes a terceiros, tampouco conseguiram identificar as pessoas que, em tese, teriam recebido a vantagem em troca de voto, a fim de possibilitar conhecer a sua real condição de eleitor, bem como possibilitar a tomada de seu depoimento em juízo”, relatou.

A quantia em dinheiro, em espécie, foi encontrada na residência de Evandro e em seu carro, modelo Toyota Corolla, que também foi apreendido na ação. A acusação era de compra de votos para o candidato a deputado estadual, Macaciel Jonas Breda, do Partido Socialista Brasileiro – PSB.

Em postagem na sua rede social, Evandro e sua esposa, expressam o sentimento de alívio e gratidão, completando com a certeza de que a justiça foi feita. “As verdades começaram a aparecer, fomos absolvidos pelo TRE em vitória por unanimidade, só tenho a agradecer minha família, meus amigos que sempre acreditaram na nossa inocência, agradecer também aos meus advogados Dr. Altamiro Thadeo e Dr. Rodrigo Barcellos por nos defender com tanta seriedade, acho que essa decisão engasgou muitas pessoas em nosso município. Sempre digo, os humilhados serão exaltados!”, disse o casal em postagem no facebook.

Evandro Paiva e sua esposa, Loriane Calixto.
Compartilhe!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios