AGRICULTURAPRESIDENTE KENNEDY

Novos incentivos para o plantio de cana-de-açúcar em Presidente Kennedy

Quem desejar iniciar novos canaviais em Marataízes e Presidente Kennedy, neste ano, no Sul do Espírito Santo, poderá contar com o apoio de até 50% dos custos de plantio, graças aos programas de fomento que as prefeituras desses dois municípios acabam de estabelecer em convênios com a cooperativa local de fornecedores de cana-de-açúcar (Coafocana) e a Usina Paineiras, de Itapemirim (ES).

O período de plantio começa este mês e vai até final de maio. De acordo com a Usina Paineiras o programa projeta que os produtores terão um rendimento médio anual de R$ 1.500,00 por hectare até 2026. A maioria dos produtores rurais locais é de agricultores familiares, e ambos os programas estabelecem que cada produtor terá apoio para no máximo 20 hectares.

As prefeituras oferecem os serviços de máquinas e transporte para a realização dos plantios, conforme Regramentos Municipais próprios. Já a Coafocana e a Usina Paineiras vão doar, além do calcário, metade do custo de aquisição das mudas de cana-de-açúcar e financiar os outros 50% desse custo, além de continuar a oferecer as orientações técnicas em campo que tiveram início em 2019.

O objetivo desses programas de fomento é melhorar a qualidade de vida no campo, gerando mais renda e novas oportunidades, além de multiplicar a arrecadação própria de impostos por esses municípios, já que toda a produção será fornecida à Usina Paineiras. Para garantir que o objetivo do programa seja alcançado, os produtores serão monitorados pela Coafocana a cada etapa da concessão de benefícios, dentro de um planejamento técnico que projeta que a produtividade dos novos canaviais será superior à média histórica registrada em nossa região.

A atividade econômica em torno da cana-de-açúcar é a segunda mais importante do litoral Sul capixaba, segundo a CDL de Marataízes e Itapemirim, porque: a) envolve mais de 500 produtores rurais, quase todos da agricultura familiar; b) movimenta intensamente o comércio e os serviços das cidades; e c) conta há 109 anos com a Usina Paineiras para agregar valor à matéria-prima regional.

Na seção Imprensa do site www.usinapaineiras.com.br, estão disponíveis planilhas detalhando os custos que esses novos plantios devem ter até 2026, para consulta de qualquer interessado em conhecer mais detalhes dos programas.

Compartilhe!
Fonte
Comunicação PMPK

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios