ANCHIETASAÚDE

Bairros da sede de Anchieta são recordistas em larvas do mosquito da dengue

Pelo menos três bairros da sede concentraram 78,5% das larvas do mosquito aedes aegypti encontradas no município nos primeiros meses de 2021.


Chuva e calor é a combinação perfeita para a proliferação do mosquito aedes aegypti, aquele famoso responsável pelas doenças dengue, zika e chuikungunya. E em Anchieta, de janeiro até o início de março, foram encontradas 265 larvas desse terrível inseto. Ainda tem gente não fazendo o dever de casa, deixando água parada em suas casas.

Conforme informações da Vigilância Ambiental, a maioria das larvas foi encontrada nas residências. Os bairros recordistas, com maior número de larvas foram: Nova Anchieta (120), Alvorada (58) e Castelhanos (30).  As demais foram achadas em outros pontos do município.

Desta forma, é preciso que todos os moradores façam a limpeza e o monitoramento de suas residências periodicamente, a fim de evitar água parada. Os agentes de endemia continuam realizando seus trabalhos, mas precisam da colaboração de todos.

Nesse período de pandemia provocada pela Covid-19, eles visitam e vistoriam somente os quintais das residências e passam todas as orientações necessárias aos moradores, que por sua vez, devem realizar o monitoramento dentro de suas casas.

A Vigilância Ambiental informou que a maioria das larvas foi encontrada em bebedouros de cães, gatos e galinhas, além do clássico vaso de plantas. É importante a limpeza periódica desses recipientes.

Como prevenir

Para combater as doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, é preciso que todos estejam atentos e empenhados na eliminação dos focos do vetor. A fêmea do inseto deposita seus ovos em recipientes com água parada. Ao entrar em contato com o líquido, os ovos eclodem, se transformam em larvas, pupa (estágio intermediário entre a larva e o adulto) e, após dois dias, o mosquito está formado.

Os criadouros do mosquito encontram-se em 90% nas residências. Por isso, é de extrema importância que toda população limpe corretamente os quintais, vire as garrafas vazias de cabeça para baixo, lave bem as bordas das vasilhas de água e comida dos animais, além de garantir a limpeza e lacre correto das caixas d’água.

Vigilância Ambiental: (28) 3536-3885.

Texto: Dirceu Cetto | Foto: Divulgação | Gerência de Comunicação Social – Tel.: (28) 3536-1785 | E-mail: assessoriaanchieta@gmail.com

Compartilhe!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios