ITAPEMIRIM

Itapemirim vive momento político delicado

O prefeito Thiago Peçanha e seu vice foram cassados em 1ª Instância, mas podem recorrer ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-ES) e continuar exercendo os cargos na prefeitura até o final do julgamento do processo em 2ª Instância.

Recentemente o prefeito também foi acusado de ter nomeado ao menos 17 pessoas que mantêm algum vínculo de parentesco com ele mesmo (ainda que distante em alguns casos), além da mulher de um parente, em uma série de cargos comissionados vinculados a diversas secretarias municipais, fato que passou a ser investigado pelo MPES.

Compartilhe!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios